segunda-feira, 24 de novembro de 2014

MORAIS BRITO x CLIP TURISMO

Tragédia envolvendo empresários de Turismo faz vítimas fatais em Parnaíba
Matheus Portela foi levando ainda com vida para o hospital, passa por cirurgia e corre risco de morte.

Empresário Morais Brito sendo socorrido depois que matou a esposa e tentou contra a própria vida.
No começo da noite desta segunda-feira (24) houve uma briga entre os empresários de turismo, Edilson Morais Brito e Matheus Portela, Edilson atirou em Matheus no abdômen. A esposa de Edilson, Socorro Brito, tentou intervir na confusão e acabou sendo alvejada também, ela veio a óbito ainda no local.


Veja a arma do empresário usada para fazer os disparos
O fato ocorreu na sede das agências de turismo no Porto das Barcas, centro de Parnaíba. Edilson, em ato desespero, atentou contra a própria vida e morreu logo em seguida. Seu corpo encontra-se no necrotério do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

Matheus Portela foi levando ainda com vida para o hospital, passa por cirurgia e corre risco de morte.


 Banheiro onde o empresário tentou contra própria vida depois que efetuou os disparos
Muitas informações ainda estão desencontradas, estamos tentando apurar a motivação que inicialmente seria por desentendimentos relacionados a trabalho.


Morais Brito, empresário tido como o Rei do Delta (Foto: Divulgação)

As informações são que Mateus Portela (Foto: Divulgação) levou dois tiros, um atingiu o ombro e o outro atingiu a barriga

 O corpo de Socorro Brito permanecia no local a espera do IML


Atualizado às 20h18

Segundo informações do coronel Costa Lima, comandante da Polícia Militar de Parnaíba, existia uma rixa antiga entre os dois empresários por conta dos negócios. Em uma das últimas discussões que tiveram, Edilson Morais Brito teria ameaçado Mateus Portela de morte.

Por volta das 17h, Mateus procurou Edilson em sua empresa. Os dois tiveram uma nova briga e Edilson atirou contra o empresário, que foi atingido com três tiros: dois nas costas e um no braço. A esposa, Maria do Socorro, ao tentar impedir o marido, acabou sendo atingida por engano. Ela levou um tiro na garganta e morreu na hora.

Após atingir a esposa, ele teria recarregado a arma, uma pistola calibre 38 de cano curto e se refugiou no banheiro de um restaurante dentro do Terminal Turístico do Porto das Barcas.

Um posto policial fica a 30 metros do local do crime. Os policiais ainda tentaram impedir que ele atentasse contra a própria vida, mas o empresário desferiu um tiro na cabeça. Foi socorrido ainda com vida e levado ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), mas não resistiu e morreu. (Fonte: cidadeverde.com)

Atualizado às 20h35


O empresário Mateus Portela, atingido com três tiros no final da tarde desta segunda-feira (24), no Porto das Barcas, em Parnaíba, não resistiu aos ferimentos e faleceu. Ele estava internado em estado grave no Hospital Regional Dirceu Arcoverde (HEDA), onde aguardava a transferência pela UTI Aérea para Teresina. Mesmo depois de ser submetido a uma cirurgia de urgência, ele não resistiu aos ferimentos e morreu depois de sofrer três paradas cardíacas. 


Com sua morte, são três as vítimas feitas pelo também empresário Edilson Morais Brito. Sua esposa, Socorro Brito, Mateus Portela e ele mesmo. Após atirar contra os dois depois de uma discussão por conta de uma rixa antiga nos negócios, o empresário se matou dentro do banheiro de um restaurante. (Fonte: cidadeverde.com)

Socorro Brito morreu na hora

O tiro que matou Socorro Brito teria acertado o pescoço
Aguarde Mais detalhes...

Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)
Com informações de Daniel Santos direto do local para o Proparnaiba.com
Fotos: Portal do Catita e Internauta via WhatsApp

2 comentários:

Manoel Messias Brasilia df disse...

ambiçao descomedida,com certeza,Deus nao estava neste negocio;

Ricardo Souza Lima disse...

Só uma correção:Não existe Pistola com Calibre .38,esse Calibre é exclusivo de revólveres.