terça-feira, 24 de novembro de 2015

DENÚNCIA

Mulher denuncia estelionatário que aplica golpes no Piauí e Maranhão
“Eu o conheci ano passado em Parnaíba, quando estava trabalhando durante a campanha política”, disse a vítima.

Um homem identificado como Flávio Galvão Baeta está sendo procurado pela Polícia Civil do Piauí, acusado de praticar estelionato. Segundo informações de uma ex-companheira de Flávio, que não quis se identificar, o acusado teria aplicado golpes em pessoas físicas e jurídicas tanto no Piauí, quanto no Maranhão.


“Eu o conheci ano passado em Parnaíba, quando estava trabalhando durante a campanha política. Ele se apresentou como sendo advogado e contador e trabalhava abrindo contas físicas e jurídicas na Caixa Econômica. Começamos a namorar daí um tempo depois eu fui aprovada em um concurso no Maranhão e fomos morar lá”, disse a vítima.

De acordo com a mulher, Flávio Galvão não a deixou assumir o cargo que ela havia sido aprovada. “Ele me disse que ia abrir uma empresa e que ia ficar administrando meus cartões de crédito e de lojas. Ele me manipulava de todas as formas e conseguiu fazer dívidas de mais de cinco mil reais com meu CPF. Fez inclusive eu mudar de número de celular para evitar que eu mantivesse contato com família e amigos”, afirma.


O casal se mudou para o município de Luís Correia e então a vítima de Flávio recorreu à ajuda da Polícia. “Ele andava 24 horas comigo e chegou inclusive a me fazer algumas ameaças. Uma prima minha me ajudou a averiguar as movimentações que ele fazia com meus documentos e acionamos a Polícia para investigar se ele tinha algum antecedente. Desde então fomos descobrindo uma série de vítimas que ele já tinha feito no Piauí e no Maranhão”, explica.

A mulher conta ainda que conseguiu fugir de casa e que no final do mês passado registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Luís Correia contra Flávio Galvão. “Ele ficou com uma motocicleta [placa PIJ-6881] que é da minha mãe, mas não sei se ele já vendeu por que ele continua foragido e ninguém sabe ainda onde ele está”, disse a vítima.

Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)
Fonte: Portal AZ

Nenhum comentário: